Click for Menu
 

Serra da Estrela – Covilhã

A Serra da Estrela é uma cadeia montanhosa com o ponto mais alto a 1993 m de altitude, o mais elevado de Portugal continental num local a que se chama Torre.
Nela encontramos paisagens magníficas variadas, flora e fauna (a silene foetida, uma flor endógena que emprestou o nome à Villa Silene) e a tão apreciada neve que encanta os visitantes no inverno.

Contam-se por cá algumas lendas relacionadas com o nome Serra da Estrela e a denominação de Montes Hermínios. Esta tem origem na ocupação romana em que terão chamado Montes Hermes (nome do deus greco-latino também conhecido por Mercúrio) e que evoluiu para Montes Hermínios. Da Serra da Estrela diz-se que uma estrela muito brilhante nascia sobre a serra no início da primavera marcando, para os pastores, o início da época em que os rebanhos subiam a serra para as pastagens.

Surpreenda-se com a Covilhã, outrora conhecida como a Manchester portuguesa, devido ao seu passado de produção de lanifícios e descubra as antigas fábricas com as suas deslumbrantes chaminés. Não deixe de visitar o Museu dos Lanifícios, localizado na Real Fábrica de Panos, fundada em 1764 pelo Marquês de Pombal.

Passeie pelas ruas da Covilhã e observe os vestígios de várias formas de arte, os azulejos da fachada da Igreja de Santa Maria, a Arte Nova, patente em vários edifícios da cidade e a mais recente street art que conferiu uma aparência contemporânea aos edifícios intervencionados.